Toby Collection, pioneer in accessible for children gisele.jorn@uol.com.br

Loading...

08/01/2012

CULTURA INDÍGENA

Dia destes vi o biólogo Richard (Aventura Selvagem-SBT) num ritual indígena numa aldeia maoé na Amazônia (falo sobre eles no meu terceiro livro: Uma Aventura na Amazônia - Raycha).
Uma luva de palha recheada de formigas é colocada nas mãos de homens da aldeia desde a mais tenra idade.
Richard participou do ritual com um indiozinho de uns 11 anos de idade. No final, chorava de dor e foi parar num hospital para tomar soro e analgésico. Antes, perguntou ao menino-índio:
- Você não sente dor?
Ele respondeu:
- Sinto, mas não choro. Um homem não chora. Aprendi a controlar a dor física com a meditação.
- Nem por amor? - perguntou Richard.
- Ah! Por amor um homem deve chorar sim - respondeu o menino.
É por isso que amo tanto a cultura indígena.


(Publiquei este diálogo em post à Soninha e resolvi compartilhar com todos essa maravilha da cultura indígena)

2 comentários:

  1. Que maravilha!
    Mas...se o indiozinho escutasse Gonzaguinha, ele veria que "um homem também chora'...rs. (Título de uma das suas músicas).
    beijinhos de paz.

    ResponderExcluir
  2. Assisti tbm e me emocionei com isso!

    ResponderExcluir

Agradeço pela sua presença. Abraço meu, Gisele