Toby Collection, pioneer in accessible for children gisele.jorn@uol.com.br

Loading...

18/04/2008

O dia 18/4/08 será inesquecível para a pequena Mariana, 6 anos, e para a autora das aventuras do cão Toby e seus amigos pássaros. A menina foi a primeira aluna do Colégio Ofélia Fonseca a ouvir e ler, em braile, - sistema por meio do qual está sendo alfabetizada - as histórias do protagonista da Coleção Toby.
A bibliotecária Edna no recreio das meninas do Ofélia Fonseca, minutos depois da palestra, seguida de sessão de autógrafos, com a Gisele.
Depois de um bate-papo sobre a importância de dar igualdade na oportunidade de acesso ao mundo dos livros e da leitura, para todos, crianças do Colégio Ofélia Fonseca escolhem e compram os livros da Coleção Toby. Gisele Pecchio agradece o apoio e o carinho que recebeu das professoras, alunos e pais. Mais informações e fotos no site da escola em www.ofelia.com.br
Alunos se organizam em fila para exercer o seu poder de escolha e compra de um dos livros da Coleção Toby. Quando eu conseguir, enfim, imprimir o vol.3 da coleção as crianças do Ofélia Fonseca, em especial a Mariana, saberão que me deram um empurrãozinho. Também saberão que jamais esquecerei do rostinho delas. Quando eu lembrar deste alegre Dia do Livro Infantil estará na minha memória o menino Guilherme, um ótimo leitor, e suas palavras que tanto me emocionaram: "Gisele, obrigada e que Deus abençôe você". É muito bonito ouvir um anjo pedir a proteção do Pai para nós. Obrigada Gui, siga sempre o caminho traçado pelo Pai para você!
Gisele Pecchio autografa "Um par de asas para Toby" e Toby e os Mistérios da Floresta" para Sophia Lazo, a CAMPEÃ DE LEITURA do mês de abril da Biblioteca Carlos Drummond de Andrade, o espaço mais frequentado pelos alunos do colégio. Ler mais no site www.ofelia.com.br

16/04/2008


Nesta sexta, 18 de abril, comemora-se o Dia Nacional do Livro Infantil, em homenagem ao nascimento do escritor Monteiro Lobato (Lei nº 10.402, de 8/1/02). Para comemorar a data, Colégio Ofélia Fonseca realiza palestra sobre acessibilidade ao livro e à leitura.

Alunos e professores do Colégio Ofélia Fonseca recebem escritora Gisele Pecchio
Um bate-papo sobre a importância da igualdade na oportunidade de acesso aos livros e à leitura reúne alunos e professores do ensino fundamental do Colégio Ofélia Fonseca para receber a escritora Gisele Pecchio, autora da coleção Toby, dia 18, às 13h30.
Os livros da coleção Toby, iniciada em 2003 com o título “Um par de asas para Toby”, — à venda na Livraria Cultura — são editados pela própria autora em tinta, braile e Mp3, além de poderem ser lidos na web, pela Rede Saci.
A aluna Mariana, 7 anos, foi a primeira do colégio a ler os livros da autora, em braile, sistema por meio do qual ela está sendo alfabetizada. Nesta sexta, dedicada ao Dia do Livro, finalmente a menina conhecerá a autora das aventuras do cão Toby e seus amigos pássaros que habitam as matas da Juréia-Itatins e inspiraram a primeira coleção de livros que podem ser lidos ou ouvidos por crianças de todas as idades, com diferentes necessidades de acesso.
Uma das escolas mais tradicionais da cidade de São Paulo, fundada em 1921, o Colégio Ofélia Fonseca fica na rua Bahia, bairro Higienópolis. Para contatos sobre livros e palestras gratuitas ou para falar com Gisele Pecchio: 11-89336030 ou
asasdaimaginacao2003@hotmail.com.

GISELE PECCHIO nasceu na cidade de São Paulo, em 24 de junho de 1959, e se diplomou jornalista com especialização em comunicação empresarial tendo realizado trabalhos pioneiros na comunicação do Bradesco e no então BFB Personnalité, associado ao francês Crédit Lyonnais. A mesma atuação pioneira marcou o seu ingresso na Prefeitura de Osasco, em concurso público para cargo de jornalista, tendo se classificado em primeiro lugar. Pioneira também no segmento literário, onde a sensibilidade da jornalista lhe possibilitou realizar trabalho único. “Faço com inspiração o que em breve será feito por imposição da Lei, porque creio ser o livro no formato acessível ou universal uma realidade”, afirma Gisele no seu blog
http://gpecchio.blogspot.com

13/04/2008

"Dedico a minha vida às causas que estou perdendo, mas quanto mais perco, mais luto por elas", declarou o poeta Thiago de Mello, sobre as três causas pelas quais tem lutado: pelo fim das desigualdades, pela integração cultural das Américas e pela preservação da Amazônia. O mais famoso poeta da Amazônia emocionou a todos quando disse acreditar que "a humildade pode vencer a ignorância e a utopia pode vencer o apocalipse". São Paulo, Casa das Rosas (Secretaria de Estado da Cultura), 13/4/08
"Amazônia, a maior fonte de vida do Planeta, está ameaçada e pede o nosso amor", clamou o poeta Thiago de Mello, durante sarau realizado por Fernanda Almeida Prado, em São Paulo, dia 13/4. Feliz por ter conhecido pessoalmente o mais famoso poeta da Amazônia, citado por mim no livro que preparo para lançar, ainda tive a oportunidade de mostrar ao poeta a edição em braile e o layout da edição em tinta do meu livro "Uma Aventura na Amazônia - Raycha". No final, ganhei o endereço do poeta, para intercâmbio, anotado por ele no layout do livro.