Toby Collection, pioneer in accessible for children gisele.jorn@uol.com.br

Loading...

17/05/2015

DOR ESTÁ VENCENDO ESPERANÇA

"Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente".
William Shakespeare, em "Muito barulho por nada".
Hoje a minha dor na coluna está incontrolável e o analgésico já não faz efeito algum. Tenho saudade de mim andando, correndo pra lá e pra cá resolvendo ou auxiliando na resolução de problemas, sonhando acordada com histórias, temas transversais para escrever, desenvolver projetos, soluções. Tenho saudade de mim cozinhando, lavando o quintal, pintando parede e passeando com mamãe e Tobinho.
Hoje meu passeio é curto e Tobinho quase empurra a cadeira de rodas para me levar até a minha roseira, todas as manhãs, após o banho e curativos. Ele vai correndo, todo animado, como se fossemos dar uma volta no quarteirão, igual antigamente. Foi ele que me fez ver o ninho que uma menina canário está terminando de fazer entre as folhas, flores, galhos e espinhos. Ela não estranha nem a mim nem ao cãozinho. Já acostumou com a rotina de horários do meu quintal.
E a dor, o que eu faço para dominá-la? Todos cuidam mas ao mesmo tempo ninguém cuida porque há cinco anos amanheço e adormeço com dor. Agora está torturante porque parece a dor de uma descarga elétrica. Até quando meu corpo físico e corpo mental suportarão a torturante espera de uma ajuda que me dê esperança de viver em paz? Preciso de ajuda e paz para desenvolver meu último legado nesta vida que me foi dada para viver.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pela sua presença. Abraço meu, Gisele